segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Aves Caprimulgiformes

Aves Caprimulgiformes 

é uma ordem de aves que inclui os animais conhecidos como noitibó e bacurau. Enquanto grupo, os caprimulgiformes estão representados em todos os continentes, exceto na Nova Zelândia, regiões polares e maioria das ilhas oceânicas. As famílias têm distribuição mais limitada. A maior diversidade do grupo encontra-se em regiões tropicais e semi-tropicais.
Os caprimulgiformes são aves exclusivamente noturnas. Têm o bico muito pequeno e cabeça quadrada, com olhos muito grandes e adaptados à visão com pouca luz. As patas e pés são pequenos e frágeis. As asas são relativamente grandes e alongadas e adaptadas a um vôo rápido e silencioso. O formato da cauda, de comprimento médio a longo, varia conforme a espécie. A plumagem é bastante diversa dentro do grupo, mas é normalmente escura com padrões crípticos.
Os caprimulgiformes alimentam-se exclusivamente de insetos, que caçam durante o voo, e representam um papel importante no controlo das populações das suas presas. A exceção é o guácharo, que se alimenta de frutos sendo a única ave simultaneamente frutívora e noturna.
O nome da ordem deriva do Latim sugador de cabras, dado a uma concepção errada acerca dos seus hábitos alimentares.

Pássaro-do-Petróleo

O Pássaro-do-petróleo ou guácharo (Steatornis caripensis) é a única espécie da família Steatornithidae. São conhecidos como aves das cavernas ou pássaros oleosos, uma derivação do nome em inglês oilbird. É uma ave noturna, gregária, cavernícola, e a única frugívora noturna. Vive em colônias no interior de profundas cavernas e utilizam a ecolocalização para se orientarem durante o vôo. Ocorre da Guiana e Venezuela (incluindo Trindade) à Roraima (Brasil), Equador, Colômbia, Peru e Bolívia, também no Panamá, em altitudes de 7 a 3.500 metros. São conhecidos fósseis do Eoceno do Wyoming dessa família. Tradicionalmente pertence a ordem dos Caprimulgiformes na subordem Steatornithes; Sibley e Ahlquist a incluiu junto aosStrigiformes; e análises mais modernas elevam-na a uma ordem própria, a Steatoniformes.

Ficheiro:Oilbirds.jpg

Pordagus-Ocellatus


O Podargus ocellatus é uma espécie de pássaro na Podargidae família. É encontrada na Austrália, Indonésia, Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão. Seus naturais habitats são subtropicais ou tropicais úmidas de várzea, florestas tropicais e subtropicais ou montanhas. 


File:Podargus ocellatus -Redwood -Queensland-8.jpg

Pordagus-Papuensis

Podargus papuensis é uma espécie de ave da família Podargidae.

Pode ser encontrada na Austrália, Indonésia e Papua-Nova Guiné




Podagus-Strigoides

Ficheiro:Tawny frogmouth wholebody444.jpg

Bacurau-de-Rabo-Branco

O bacurau-de-rabo-branco (Caprimulgus candicans) é uma ave do Cerrado brasileiro, com registros nos estados de Goiás, Mato Grosso, São Paulo e Espírito Santo, que consta da lista oficial de espécies ameaçadas de extinção do Ministério do Meio Ambiente.
Segundo a taxonomia de Sibley-Ahlquist, baseada em técnicas moleculares de hibridização de DNA, todas as famílias antes incluídas na ordem Caprimulgiformes passam a pertencer à ordem Strigiformes, agrupando assim os bacuraus com as corujas.

Ficheiro:Bacurau-do-rabo-branco.jpeg

Bacurau-Tesoura-Gigante

O bacurau-tesoura-gigante (Macropsalis creagra) é uma espécie florestal de bacurau que habita a região do Sudeste e Sul do Brasil, bem como a região de Missiones, na Argentina. Tais aves chegam a medir até 76 cm de comprimento, possuindo coloração escura, com as partes inferiores claras, estriadas de marrom. Também são conhecidas pelos nomes de bacurau-tesoura, curiango-tesoura, curiango-tesourão e rabo-de-palha.


Bacurau-Tesoura

O bacurau-tesoura (Hydropsalis brasiliana) é uma espécie de bacurau que habita a região Sul do estado brasileiro do Amazonas até a Bolívia, Paraguai e Uruguai. Tais aves grandescom  dimorfismo sexual (macho chegam a medir 40 cm de comprimento, enquanto as fêmeas apenas 27 cm) possuem coloração pardo-escura com riscos brancos e colar nucal com variações regionais. Também são conhecidas pelo nome de curiango-tesoura.

Ficheiro:Hydropsalis torquata in Uruguay.jpg


Bacurau-Pequeno

O bacurau-pequeno (Caprimulgus parvulus) é uma espécie de bacurau que habita da Venezuela à Bolívia, bem como a Argentina e o Brasil. Tais aves medem cerca de 20 cm de comprimento, possuindo coloração escura, garganta com manchas negras e brancas, asas com largas faixas brancas, e cauda com extremidade branca. As fêmeas, no entanto, são totalmente escuras. Também é conhecido pelo nome de bacurau-chintã.


Bacurau-da-Praia

O bacurau-da-praia (Chordeiles rupestris) é uma espécie de bacurau que habita da Venezuela à Bolívia, bem como a região Oeste da Amazônia brasileira. Tais aves chegam a medir até 19 cm de comprimento, possuindo uma coloração pardo-acinzentada nas partes superiores, enquanto as inferiores são brancas e finamente pintadas de preto. Também são conhecidos pelos nomes de bacurau-branco, bacurau-de-bando e tiom-tiom.


Bacurau-de-Rabo-Maculado

O bacurau-de-rabo-maculado (Caprimulgus maculicaudus) é uma espécie campestre de bacurau que habita do México à Bolívia, bem como todo o Brasil. Tais aves chegam a medir até 19,5 cm de comprimento, com retrizes laterais com quatro ocelos, as pontas brancas e asas sem manchas brancas. Também são conhecidas pelo nome de bacurau-pituí.

Spot-tailed Nightjar (Caprimulgus maculicaudus)

Bacurau-da-Telha

O bacurau-da-telha (Caprimulgus longirostris) é uma espécie de bacurau que habita da região dos Andes até à Bolívia, Chile, Sul da Argentina e Sudeste do Brasil. Tais aves chegam a medir até 23 cm de comprimento, possuindo coloração escura, com larga faixa branca nas primárias, e manchas brancas nas retrizes externas e na orla da asa. Também são conhecidas pelos nomes de bacurau-de-rabo-branco, bacurau-rupestre, morcegão e pai-avô.

Ficheiro:Band-winged Nightjar.jpg

Bacurau-Barrete

Aegotheles bennettii é uma espécie de ave da família Aegothelidae.
Pode ser encontrada nos seguintes países: Indonésia e Papua-Nova Guiné.
Os seus habitats naturais são: florestas subtropicais ou tropicais úmidas de baixa altitude.


Ficheiro:Barred Owlet-Nightjar.jpg

Bacurau
(Aegotheles Crinifrons)


Aegotheles crinifrons é uma espécie de ave da família Aegothelidae.
É endêmica da Indonésia.
Os seus habitats naturais são: florestas subtropicais ou tropicais úmidas de baixa altitude e regiões subtropicais ou tropicais úmidas de alta altitude.



Bacurau-Felino
(Aegotheles Insignis)


Bacurau
(Aegotheles Saveri)


Bacurau
(Aegotheles Tatei)



João-Corta-Pau

O João-corta-pau (Caprimulgus rufus) é um bacurau que ocorre da Costa Rica à Bolívia e Argentina e grande parte do Brasil. A espécie chega a medir até 28 centímetros de comprimento, possuindo ainda um corpo robusto e cauda alongada que, nos machos, apresenta duas nódoas branco-amareladas. Também é conhecida pelo nomes de maria-faz-angu.


Corucão

O corucão (Podager nacunda) é uma ave caprimulgiforme da família dos caprimulgídeos, que habita os cerrados da Venezuela e Colômbia até a Bolívia e Argentina, bem como todo o Brasil. Tais aves chegam a medir até 29,5 cm de comprimento e 71 cm de envergadura, possuindo ainda uma plumagem marrom-escura com branco na garganta, ventre e asas. Também são conhecidas pelos nomes de Sebastião, tabaco-bom e tiom-tiom.





Noitibó-de-Nuttall

O noitibó-de-nuttall (Phalaenoptilus nuttallii) é uma ave que habita o deserto do Colorado. É a única ave conhecida a hibernar.


Noitibó-Rabilongo

O Noitibó-rabilongo (Caprimulgus climacurus) é uma espécie de noitibó da família Caprimulgidae.
Pode ser encontrada nos seguintes países: Angola, Benin, Burkina Faso, Camarões, República Centro-Africana, Chade, República do Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Eritreia, Etiópia, Gabão, Gambia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Quénia, Libéria, Mali, Mauritânia, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Sudão, Tanzânia, Togo e Uganda.


Noitibó-Sardento

O Noitibó-sardento ou Noitibó-das-rochas (Caprimulgus tristigma) é uma espécie de noitibó da família Caprimulgidae.
Pode ser encontrada nos seguintes países: Angola, Benin, Botswana, Burkina Faso, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, República do Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Etiópia, Gabão, Gana, Guiné, Quénia,Libéria, Malawi, Mali, Moçambique, Namíbia, Níger, Nigéria, Ruanda, Serra Leoa, África do Sul, Sudão, Suazilândia, Tanzânia, Togo, Uganda, Zâmbia e Zimbabwe.


Noitibó-do-Pescoço-Dourado

O Noitibó-de-pescoço-dourado (Caprimulgus pectoralis) é uma espécie de noitibó da família Caprimulgidae.
Pode ser encontrada nos seguintes países: Angola, Botswana, República Democrática do Congo, Gabão, Quênia, Malawi, Moçambique, Namíbia, África do Sul, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe.


Noitibó
(Caprimulgus Macrucus)

Caprimulgus macrurus é uma espécie de ave da família Caprimulgidae.

Pode ser encontrada nos seguintes países: Austrália, Bangladesh, Butão, Brunei, Camboja, China, Índia, Indonésia, Laos, Malásia, Myanmar, Nepal, Paquistão, Papua-Nova Guiné, Filipinas, Singapura, Tailândia e Vietname.
Os seus habitats naturais são: florestas subtropicais ou tropicais úmidas de baixa altitude, florestas de mangal tropicais ou subtropicais e regiões subtropicais ou tropicais úmidas de alta altitude.






Ficheiro:Caprimulgus macrurus.jpg

Acurana

O acurana (Hydropsalis climacocerca) é uma espécie de bacurau-tesoura que é encontrada vivendo às margens dos rios e ilhas fluviais na Amazônia. Tais aves medem cerca de 28 cm de comprimento, possuindo coloração castanha, faixa na asa, partes inferiores do corpo e caudas brancas. Também são conhecidas pelo nome de curacão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário